Ser Jovem - Parte 1



Nada fácil esse mundo de hoje. Você mal nasceu e já é obrigado a responder um milhão de perguntas. 
Por que você não bebe? Por que você não fuma? Por que você não cheira?Por que você não transa? Por que você não transa com vários? Porque você não bebe e depois transa? (Sinceramente, as peguntas deveriam ser "por que fazer tais coisas...)
Enfim, parece tão óbvio as respostas para tudo isso, mas ao dá-las, você, jovem cristão, se sente como um ET que desembarcou no planeta Terra nesta tarde. Por isso você, apesar de ter 18 ou menos, ainda não tem passagens na polícia, ou em clínicas, ou então uma vida sentimental arruinada, herpes ou ainda filhos sem pai. 
Segundo o mundo, você é careta. Isso sim. 
E as pressões não ficam por aí… Entram na esfera intelectual da coisa. Com menos de 20, parece que você já tem que ser formado sociopolítica ou algo do tipo: 
Você é de direta? Você é de esquerda? (Será que eles estão perguntando se sou destro ou canhoto? o.O) Você apoia a causa gay? Por que você não apoia a causa gay? Por que a bíblia é contra os gays? Por que a bíblia é contra a esquerda? Por que o Feliciano te representa? (Representa? Não sabia…) E o Bolsonaro? (?) 
E como se não bastasse, ainda tem que ser formado em teologia também: 
Deus, existe? Se existe, prove. Se existe, por que coisas ruins acontecem? Se existe, e os dinossauros? Se existe, e Darwin? Se existe, e o homem das cavernas? Se existe, e o Boson de Higgs? Se existe, por que ele não ama os gays? (Os gays, de novo?) 
Um bombardeio de perguntas que parece não acabar… 
Se existe, e o Feliciano? Se existe, e o Malafaia? E por que ir pra igreja? E por que pagar dízimo? (Dizimo? Também não sei…rsrs) Ah, você é da “igreja do véu”… Por que usar véu? (1 Coríntios 11. Sério.) Por que não usar o véu? (Nem todos aqui são da CCB, mas também são jovens de sincero coração tentando servir a Deus e sofrendo as mesmas coisas…) Por que crente não bebe? Por que crente não fuma? Por que crente não transa? (Sério? Então como eu nasci, rsrs). 

Enfim, não é fácil ser jovem. Pior ainda é ser um jovem cristão que tem que responder a esse bombardeio de perguntas todos os dias nas escolas e faculdades mundo afora. Tentar parecer um pouco que seja com Cristo nos deixa como ETs nessa terra. E diferente é justamente o que nenhum adolescente quer ser. Isso é da idade deles. Da nossa idade. 
Então, pare de criticar os jovens cristãos. Eles não são a parte fraca da igreja. Eles são a parte forte, a mais provada, a mais tentada. Acabaram de deixar a infância e já sofrem toda essa opressão do mundo. 
E vencem. E mantém a fé. 
Jovem não precisa de chicote, precisa de oração. Muita. E de bons conselhos, no amor do Senhor. Porque eles não são o “futuro da igreja”, e sim o presente. 
Orem pelos jovens.

 Confessai as vossas culpas uns aos outros, e orai uns pelos outros, para que sareis. A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos. (Tiago 5:16)

Continua no domingo que vem... 

Lembra-te

Nenhum comentário:

Postar um comentário