Não há o que temer

Temos nosso próprio tempo.

Coração agitado, pensamento embaralhado e indecisão. Vivemos na “sociedade do imediatismo” – tudo é pra antes de ontem – onde tudo acontece muito rápido. De repente tudo ficou muito programado. A vida parece estereotipada pela necessidade de estar acima das metas e expectativas. Aos 25 anos já surge à necessidade de ser bem sucedido. Aos 30 então, se você não for o Super-Homem ou a Mulher Maravilha, já é considerado carta fora do baralho. De onde veio toda essa imposição sobre a ordem natural da vida!?


O acompanhamento da vida espiritual, as etapas de evolução em uma carreira profissional, as obrigações do cotidiano, a rotina pessoal e a forma como tudo acontece – muita das vezes – atormenta a mente daqueles que estão crescendo nesse ambiente de indecisão, poucas oportunidades e inquietação. O tempo parece torna-se inimigo, ainda mais quando planos, projetos e sonhos não acompanham o ritmo que se esperava.



Acredite: você não é o único que possivelmente chegou à casa dos 20 anos achando que a vida está estagnada. Não há o que temer! Você não está ficando para trás.

Lembre-se do que as sagradas escrituras deixaram de mais bonito, as palavras que nos levantam e nos fazem entender o que está acontecendo ao nosso redor. Em uma das passagens do livro de Eclesiastes apreendemos que “Há, para todas as coisas, um tempo determinado por Deus”, mas, somos humanos, ansiosos e construímos esse ambiente de imprecisão no qual vivemos.

Até as coisas do mundo esperam o tempo oportuno para acontecer. Se há verão é porque houve primavera, outono e inverno. Não há segunda-feira se não passarmos pelo domingo. Então por quê queremos ser imediatistas?

O professor de Ciência do Consumo na Universidade Nacional de Seul, na Coeria do Sul, Rando Kim, disse em seu livro “Não é fácil ser jovem” que cada pessoa tem o seu próprio tempo para progredir, em uma das conotações mais brilhantes – e motivacionais – já registradas:
“... você acha que está ficando para trás enquanto todos os seus amigos estão progredindo? Lembre-se que cada um tem sua estação própria para florescer, e a sua pode não ter chegado ainda. Mas chegará – quando for o tempo de abrir suas pétalas...”.

Por isso, caro leitor, mantenha os seus objetivos estabelecidos, dando um passo de cada vez – e um tempo a você mesmo – não temas se seus passos não forem tão rápidos quanto aos daqueles que te rodeiam. Acredite na promessa de Deus, Ele não falha. Em um jardim nem todas as flores crescem no mesmo período.

“Mesmo desabrochando depois, você florescerá de forma tão intensa quanto os que o antecederam. Portanto, mantenha a cabeça erguida e prepare-se para a chegada de sua estação.”

Não se esqueça, acima de tudo, que Deus nunca apertou o botão de “Pause” na linha do tempo da sua vida. Ele trabalha no silêncio, Ele trabalha no invisível aos nossos olhos. Você pode achar que nada está acontecendo, mas quando o seu tempo chegar, perceberá que todo o tempo que passou não foi um tempo perdido.
“Tudo tem o seu tempo determinado,e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.” (Eclesiastes 03:01)
  
Ter ou sentir medo é normal. Só não faça desse sentimento uma prisão aos seus sonhos e um ponto final aos objetivos de sua vida, seja  espiritualmente, profissionalmente ou pessoalmente. Siga seu planejamento sem temer as intervenções da vida, pois elas sempre aparecerão.


Vinicius Lobo
19/10/2016

Lembra-te

Nenhum comentário:

Postar um comentário